ACTOS E ACTAS
  • Difícil e necessária colegialidade

    . Actos e Actas

    Todas as dificuldades surgidas depois do Concílio do Vaticano II, sobretudo as levantadas pelo recente Sínodo Romano, não enganam. Chegaram, enfim, os grandes debates eclesiológicos, abafados desde a Reforma e Contra-Reforma. Assim como o primeiro concílio ecuménico, o de Niceia [325], abriu e não encerrou de facto o longo e penoso período das definições do […]

  • Reconciliação e Eucaristia

    . Dispersos

    Cada dia mais, à medida que a PESSOA em cidades livres e sociedades plurais aflora acima dos agrupamentos gregários ou coletivizados, e reaparece nas Igrejas ao nível da identificação com Cristo, identificação batismal, crismal e eucarística; cada vez mais a decisão de se confessar e de comungar é pessoalíssima, no fundo da liberdade de Consciência, […]

  • Pacem in Terris

    . Actos e Actas

    “Valor sem fronteiras”, a Paz é uma velha questão, tão antiga quanto o homem. Homens irmãos, homens rivais, homens inimigos. Coisa estranha, curiosa: é a proximidade que faz a rivalidade. Irmãos rivais! Rival, de ‘rivus’, rio. O maior bem, essencial à vida: a água! Povos ribeirinhos são povos rivais, em guerra permanente. Ocupando o mesmo […]

  • Um outro sol a guiar os nossos passos no caminho da paz [Lc 1, 78-79]

    . Actos e Actas

    Não foi Lucas o primeiro que deu a Jesus o nome do astro-rei. ‘Anatolé’, astro que traz a luz, é um dos títulos do Cristo no Antigo Testamento. Ainda há dias, na Novena de Natal, ouvimos Balaão: “Eu vejo, mas não para agora; eu percebo, mas não de perto: um astro saído de Jacob torna-se […]

  • Que fizemos da apologética?

    . Actos e Actas

    Não e preciso ser o mais inteligente dos homens desta geração para perceber que os cristãos europeus ocidentais mancam. O que mais parece ferir as Igrejas de Leste, quando entram em contacto connosco, é uma certa falta de carácter. Refiro-me ao carácter batismal, que nos marca como tais, como cristãos. Passados — no pequeno espaço […]

  • Em más companhias

    . Actos e Actas

    Desde muito cedo duas correntes se estabeleceram na Igreja que, em determinados momentos, atingiram níveis de conflito grave e até de cisma. Uma insistia na Autenticidade, a outra na Abertura. O primeiro grande choque entre as Igrejas deu-se por ocasião da perseguição de Décio: pela primeira vez em grande número houve ‘lapsi’ e ‘relapsi’, cristãos […]

  • A atitude obediente na vida pastoral

    . Dispersos

    Que aconteceu às Virtudes? Desvirtuaram-se? Ou perderam a fala diante da arrogância dos Vícios que despudoradamente se exibem neste fim de Século? Privatizaram-se as públicas virtudes! Por virtude, ou por vergonha? Forças que eram, forças que são, ‘virtus’, por definição, enfraqueceram com os risos de Rabelais, diante do cinismo de Voltaire e a estocada final […]

  • A religião da indiferença

    . Actos e Actas

    Se excetuarmos Israel, que é a religião da Lei, em que Deus diz e dita a sua vontade; se excetuarmos a religião Católica que é a religião da Fé; se fizermos um parêntesis ao Islão, que é um feroz monoteísmo de ricochete e ao retardador; se não contarmos com o Budismo que é uma filosofia […]

  • Homilia nas Exéquias do P. Leonel Oliveira

    . Testemunhos

    Há dois anos, o Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos [recentemente falecido], pronunciou esta homilia na celebração das Exéquias do P. Leonel Oliveira: 1. Jesus, partindo da orla do lago, depois de ter chamado os primeiros discípulos, em pleno trabalho da faina, subiu à montanha e sentou-se. Aproximaram-se os discípulos e Ele começou […]

  • No dia da morte do P. Leonel Oliveira

    . Testemunhos

    O P. Leonel Oliveira morreu há dois anos, no dia 2 de novembro de 2015. Recordamos aqui a reflexão de José Rui Teixeira, pronunciada nesse mesmo dia, na vigília de oração, na Igreja Matriz de Freamunde: Hoje morreu o P. Leonel Oliveira, na mesma casa onde nasceu há 81 anos. Presbítero da Igreja, intelectual admirável, […]